As plataformas colaborativas não são de hoje. Nem sequer a co-creation. No entanto, o chamado user-generated content (conteúdo gerado pelo utilizador) é uma das grandes apostas dos grupos de Media.

A NBC adquiriu recentemente um serviço de stream de vídeo em tempo real (StringWire) que permite que os utilizadores, onde quer que estejam, possam filmar (em directo) qualquer acontecimento. Isto faz de qualquer um de nós um potencial repórter!


Mesmo em Portugal já é frequente vermos Posts e comentários em redes-sociais darem origem a notícias e comentários em tempo real, através do Twitter (principalmente) aos programas. Mais recentemente, a TVI começou a introduzir um segmento de publicações do Twitter que comentam as notícias.

Estamos perante uma nova forma de fazer jornalismo? Será apenas mais uma forma de “poupar”? Ou será a derradeira forma de os media se envolverem (engagement) com os seus “clientes”? O Futuro o dirá!